SINOPSE DO LIVRO BRANCA COMO LEITE, VERMELHA COMO SANGUE

Clique na imagem para ampliar.
Capa do livro Branca Como Leite, Vermelha Como Sangue por
Autor
Gênero
Título Original
Bianca Come Il Latte Rossa Come Il Sangue
N° de páginas
368
editora
Bertrand Brasil
ISBN
8528615057
Formato
14x21
Nota do Leitor:   

Compartilhe

Compre este livro!

Livraria Saraiva
Livraria da Folha
Submarino.com.br
Extra
Livraria Cultura
Americanas.com
Buscapé
Veja também:

Carregando Sugestões



RESUMO DO LIVRO BRANCA COMO LEITE, VERMELHA COMO SANGUE


“Nasci no primeiro dia de aula, cresci e envelheci em apenas duzentos dias.”Chega ao Brasil Branca como o leite, vermelha como o sangue, de Alessandro D’Avenia, o romance sobre o ano mais intenso na vida de um jovem, em que ele aprende a lidar com os próprios sentimentos e, consequentemente, com seu amadurecimento. Leo é um garoto de dezesseis anos como tantos: adora o papo com os amigos, o futebol, as corridas de motoneta, e vive em perfeita simbiose com seu iPod. As horas passadas na escola são uma tortura, e os professores, “uma espécie protegida que você espera ver definitivamente extinta”.Apesar de toda a rebeldia, ele tem um sonho que se chama Beatriz. E, quando descobre que ela está terrivelmente doente, Leo deverá escavar profundamente dentro de si, sangrar e renascer para a vida adulta que o espera.Um traço interessante na narrativa de D’Avenia é a técnica de utilizar cores para descrever os sentimentos e as sensações do menino Leo; por exemplo, o branco, sinônimo de solidão e silêncio: “O silêncio é branco. Na verdade, o branco é uma cor que não suporto: não tem limites. (...) Ou melhor, o branco não é sequer uma cor. Não é nada, é como o silêncio.” (p. 10)O leitor perceberá a transformação de um garoto com todas as características da juventude – rebelde, egoísta, egocêntrico – numa pessoa madura e responsável. Essa mudança começa a ser percebida quando Leo deixa de jogar o jogo decisivo do campeonato de futebol para cuidar de sua amiga doente. A convivência despertará nele o sentimento de cumplicidade e do verdadeiro amor, promoverá o debate do que é realmente o sonho e mostrará que, no crescimento emocional, é importante a presença de um orientador, um mentor.Branca como o leite, vermelha como o sangue não é apenas um romance de formação ou uma narrativa de um ano de escola: é um texto corajoso que, por meio do monólogo de Leo – ora descontraído e divertido, ora mais íntimo e atormentado –, conta o que acontece no momento em que, na vida de um adolescente, irrompem o sofrimento e o pesar, e o mundo dos adultos parece não ter nada a dizer.

Fonte: Grupo Editorial Record

O que você acha sobre o livro ? Exponha sua opinião.

Nota

NOME *

e-mail (não será divulgado)

site

Comentário *

Comentários dos Leitores a Respeito de !

Seja o primeiro a opinar!

Livro do dia Livro do mês


O que ler?  O que ler?

Etapas

 Algumas perguntas

 Respostas processadas

 Filtragem do acervo

 Sugestões para você!

Indicações Indicações

Enquetes Enquetes

Em que site você costuma comprar livros?





Ver resultado

sinopsedolivro.net


O catálogo online de livros nacionais e internacionais

Política de Privacidade

Ajuda  Ajuda


Sobre  Sobre


Contato  Contato


Anuncie  Anuncie no site

Faça download de nosso Media Kit para saber como anunciar no Sinopse do Livro

Divulgue seu livro  Divulgue seu livro

oPa!Caroé